7 Melhores Site de Anúncios Grátis

7 Melhores Site de Anúncios Grátis

Adicionar seus produtos e serviços a sites de publicidade gratuita é uma maneira rápida, fácil e acessível para sua empresa ganhar exposição. Isso é muito importante para empresas locais, e empresas que possuem poucos recursos para investimentos.

A maioria dos sites de publicidade gratuita é criada para empresas locais em um layout e estrutura de anúncios classificados.

No entanto, como você verá, nossa lista dos melhores sites de anúncios grátis é focada em outras opções de publicidade gratuita nas quais muitos profissionais de marketing que procuram espaço para anunciar seus produtos gratuitamente estão muito mais interessados.

E, graças aos sites de publicidade de negócios gratuitos, você não precisa gastar todo o seu orçamento de marketing limitado em uma única ferramenta.

Pronto para a lista definitiva de sites de publicidade gratuita? Vamos lá!

 

# 1. Melhores sites de publicidade gratuita: Guia de empresas Yo!place

Se você é um profissional de marketing digital, é provável que um de seus principais canais seja o Guia de empresas Yo!place Publicidade.

Essa nova plataforma de anúncios tem como vantagem ampla categoria de produtos e serviços, e também algumas soluções de comunicação em que o Guia de empresas Yo!place  se destaca, como a comunicação entre os vendedores e compradores pelo próprio portal da empresa, e também uma área de membros, onde é possível, por exemplo, desenvolver uma agenda para sua empresa. Clique Aqui para anunciar no Guia Yo!place.

7 Melhores Site de Anúncios Grátis

 

# 2. Melhores sites de publicidade gratuita: Google Meu Negócio

O Google Meu Negócio é um diretório on-line que permite que você se conecte com clientes na pesquisa do Google e no Google Maps gratuitamente.

Para começar nesse site de publicidade gratuita do Google, tudo que você precisa fazer é enviar o URL do seu site profissional e alguns detalhes adicionais sobre sua empresa.

Por sua vez, o Google Meu Negócio incorpora essas informações em suas listagens para garantir que seu site apareça quando os usuários pesquisarem categorias de conteúdo relevantes.

Você pode postar fotos e ofertas em seu perfil para mostrar o que torna sua empresa única e dar aos clientes motivos para sempre escolherem você.

O Google Meu Negócio oferece a seus clientes mais maneiras de entrar em contato com você: ligando, enviando mensagens ou deixando comentários. Além disso, você poderá ver como os clientes estão se envolvendo com o perfil de sua empresa, sejam eles cliques, ligações, reservas, seguidores etc.

 

 

# 3. Melhores sites de publicidade gratuita: Facebook Marketplace

O Marketplace online do Facebook apresenta anúncios com alto potencial de atingir o seu mercado-alvo.

Aproximadamente 800 milhões de pessoas usam o Facebook Marketplace todos os meses.

O Facebook Marketing é uma força dominante na aquisição de clientes e vem atualizando sua plataforma há um longo período, com muita ênfase nas compras online.

Desde o advento das páginas de negócios do Facebook Marketplace e do Facebook Shops, a plataforma de mídia social oferece funções que imitam as dos melhores sites de classificados.

As lojas do Facebook foram lançadas em maio de 2020 e serão lançadas gradativamente no próximo ano.

Criar uma loja no Facebook é grátis e leva apenas alguns minutos para configurar. As empresas podem escolher os produtos que desejam apresentar em seu catálogo e, em seguida, personalizar a aparência de sua loja com uma imagem de capa e cores de destaque que exibam sua marca.

A plataforma provou ser uma ferramenta especialmente eficaz para a venda de carros, imóveis, móveis e produtos de varejo. Quer você queira vender camisetas ou conseguir dinheiro alugando seu carro, o Facebook pode ser uma ótima forma de anunciar gratuitamente.

 

# 4. Melhores sites de publicidade gratuita: Mercado Livre

O mercado livre ainda é um dos melhores sites de publicidade gratuita de alto tráfego que você pode postar se quiser alcançar um grande número de clientes em potencial.

Por ser o site de classificados de maior tráfego na América Latina, o mercado livre é um site fantástico para vender, especialmente se você estiver procurando expandir seus negócios no exterior.

Devido ao seu tamanho e status, bem como às boas classificações de otimização de mecanismos de pesquisa (SEO), as listagens do mercado livre resultam em mais visibilidade do que a maioria dos outros sites.

Além disso, o mercado livre tem uma boa presença nas redes sociais e uma base de seguidores. E, ao contrário de muitos outros sites de publicidade gratuita, o mercado livre tem uma interface interativa que facilita a publicação de produtos e serviços.

 

 

# 5. Melhores sites de publicidade gratuita: Zip Anúncios

O antigo site Zip Anúncios continua a ser um destino popular para pessoas que querem começar a vender algum produto ou serviço.

Os proprietários de empresas e profissionais de marketing podem anunciar produtos ou serviços B2C e B2B gratuitamente no Zip Anúncios.

Zip Anúncios é uma plataforma de anúncios poderosa que possui muitas subcategorias, como empregos, serviços, habitação, eventos e mercadorias. Portanto, as subcategorias permitem que seus anúncios alcancem uma ampla gama de públicos.

Eles têm uma boa presença social e são bastante populares, principalmente no nordeste.

 

 

# 6. Melhores sites de publicidade gratuita: ClassificadosBR

ClassificadosBR é um site tradicional de publicidade gratuita disponível em todo o país.

Semelhante ao Zip Anúncios, você pode usar o site de classificados online para vender produtos e serviços, de forma gratuita.

Embora não seja comum, alguns sites podem exigir uma conta premium para postar anúncios. No entanto, o ClassificadosBR é um site de publicidade verdadeiramente gratuito para a grande maioria dos usuários.

 

 

# 7. Melhores sites de publicidade gratuita: OLX

OLX faz parte de uma rede bem reconhecida de mercados líderes presentes em mais de 30 países com mais de 20 marcas.

Na verdade, a OLX afirma ser a rede de plataformas de negociação de crescimento mais rápido do mundo e tem 300 milhões de pessoas visitando o site todos os meses.

O site OLX é uma ótima forma de anunciar seus produtos e serviços, fornecendo um ambiente onde você pode comprar ou vender uma casa ou carro, encontrar um emprego, vender coisas de que não precisa mais ou encontrar um ótimo negócio.

Milhares de empreendedores e empresas encontram seus clientes no OLX todos os anos com anúncios gratuitos gerados por usuários.

Publicar um anúncio exige que você crie uma conta e conclua a verificação de e-mail. Isso adiciona uma camada de segurança à plataforma que muitos outros sites de publicidade gratuita não têm.

 

 

Existem também outras excelentes formas de divulgar seus produtos na internet, de forma gratuita.

Comunicado de imprensa

Se você acabou de iniciar seu negócio, pode enviar um comunicado à imprensa aos jornais locais e apresentar sua empresa dessa forma. É importante que o artigo não soe como um anúncio. É possível, por exemplo, escrever algo sobre a história do desenvolvimento da empresa ou a singularidade dos produtos oferecidos. O apoio a associações sem fins lucrativos ou a criação de novos empregos também sempre ganham destaque.

 Propaganda boca a boca

Você também pode iniciar sua própria propaganda boca a boca. Por exemplo, você pode oferecer a seus clientes um pequeno desconto para cada amigo que vier para a empresa por recomendação dele e se tornar um cliente. Também cooperar com outras empresas pode ser útil. Por exemplo, um viveiro pode recomendar uma empresa que oferece estufas a seus clientes e vice-versa.

A propaganda boca a boca funciona não apenas com clientes satisfeitos, mas também com seus próprios funcionários. Funcionários satisfeitos gostam de falar bem sobre sua empresa.

 

 

Mídia social

Use as redes sociais e poste notícias sobre sua empresa. Dessa forma, você pode interagir diretamente com seus clientes e obter feedback deles. Isso permite que você construa um relacionamento de confiança e ganhe mais clientes sem pagar pela publicidade direta.

 

 

Sorteios online

Os sorteios são muito populares não apenas offline, mas também online. On-line, eles oferecem a vantagem de que você pode obter um alcance excepcionalmente grande muito rapidamente. Nesse sentido, três fatores são muito importantes: A competição deve ser séria e justa para todos os usuários, deve terminar logo e o prêmio deve realmente ir para um vencedor no final. Um comunicado de imprensa pode então ser facilmente criado a partir dele, que você pode usar para outras promoções.

Blog

Os blogs são uma forma popular e útil de se comunicar com o mundo corporativo externo. Com as postagens do seu blog, você pode fornecer informações sobre a empresa. Mostre o que está acontecendo nos bastidores. Outra opção para um blog é ser um consultor que pode aconselhar seus usuários sobre um tópico específico. Para ver o que interessa a seus clientes, você pode, por exemplo, pesquisar a concorrência na Internet para ver o que está sendo relatado.

 

 

Google Maps

Também é importante que você seja encontrado. Portanto, é necessário dar aos clientes potenciais a oportunidade de encontrar sua empresa facilmente. O que poderia ser mais óbvio do que garantir que a localização da sua empresa também seja inserida no Google Maps? Sua empresa deverá sempre ser exibida no endereço no Google Maps. Graças à busca do Google, sua empresa incluindo seu endereço e seus produtos são apresentados com exclusividade.

 

 

Diretórios de endereços

As listas de endereços são “antiquadas”, mas ainda atraem clientes. Não importa se você usa diretórios gerais, por exemplo, guiafacil.com, ou diretórios especiais específicos do setor. Os diretórios ainda estão muito bem posicionados na busca do Google. Além disso, ao criar um link para seu próprio site, você também direciona visitantes para o site da sua empresa.

 

Portais de perguntas

Ajude os outros. Use portais onde outras pessoas possam fazer perguntas ao público em geral. Mostre que você tem muito conhecimento sobre o assunto. Tudo se fala nos portais. Portanto, realmente não importa em qual setor sua empresa está.

Mas tenha cuidado! Seja cauteloso aqui quando se trata de se referir ao seu próprio site ou blog.

UX Designer vs UI Designer: Qual é a diferença?

UX Designer vs UI Designer

UX vs UI: Qual é a diferença?

Cerca de 380 sites vão ao ar a cada minuto . À medida que a concorrência fica mais acirrada, as empresas procuram maneiras de se destacar.

Isso fez com que a demanda por serviços de UX Designer  e UI Designer crescesse rapidamente.

UX e UI são dois termos que costumam ser agrupados. Mas o que eles significam? Quais são as diferenças e como as duas estão relacionadas?

Leia mais para descobrir!

Origens da UX e UI

UX e design de interface do usuário são mais antigos do que a maioria das pessoas pensa. Na década de 1970, quando os computadores começaram a aparecer, a única maneira de operá-los era inserindo milhares de linhas de código. As interfaces gráficas de usuário (GUI) ainda não haviam sido inventadas, então não havia funcionalidades modernas como ícones, menus suspensos e guias.

Não havia nada para clicar, então também não havia necessidade do mouse. Os computadores não foram construídos para consumidores comuns; eles foram construídos para técnicos.

É difícil imaginar um mundo sem GUIs hoje, mas foi apenas em 1984, com o lançamento do Apple Macintosh, que os fabricantes perceberam seu potencial.

Os campos de UX e UI não estão em competição. Eles são as duas faces da mesma moeda e se complementam. Ambos atendem ao propósito mais elevado de toda tecnologia voltada para o consumidor – ajudar os usuários a resolver problemas.

UX vs UI: as principais diferenças

A diferença entre UI e UX pode ser explicada como a diferença entre forma e função. É a diferença entre a aparência de algo e o modo como funciona.

Uma ótima experiência com o produto depende de UX e UI.

Essas disciplinas olham para o mesmo problema de dois ângulos diferentes e dependem uma da outra para o sucesso.

O que é UX Designer?

UX significa Experiência do Usuário . Inclui tudo o que o usuário experimenta ao tentar navegar em um produto digital. O termo foi cunhado na década de 1990 por Don Norman , que afirmou que a UX abrange todos os aspectos da interação de um cliente com um produto ou serviço.

Don Norman não incluiu a palavra “digital” nesta descrição, porque o propósito original da experiência do usuário pode ser aplicado a qualquer produto, de carros a torradeiras. Quer a experiência do usuário se refira a um aplicativo móvel ou a uma luminária de mesa, seu objetivo é focar na maneira como o usuário interage com um produto.

Os UX Designer tendem a fazer pesquisas qualitativas  do cliente e fornecer essas informações para vários departamentos. As equipes de UX Designer  começam com um problema identificado por meio de feedback de dados e entrevistas com clientes e tentam resolvê-lo.

O principal objetivo dos UX Designer é fornecer um produto que possa atender às necessidades do cliente de forma integrada. Eles frequentemente experimentam diferentes abordagens para coletar dados que os ajudam a entender as necessidades de seus usuários finais com mais clareza, o que é muito importante para o processo de web design.

Esse processo iterativo e um tanto repetitivo leva a melhorias incrementais na experiência do usuário ao longo do tempo.

O que é UI Designer?

UI significa Interface do usuário. Esta disciplina inclui qualquer coisa com que o cliente interaja ao usar um software, um site ou um aplicativo móvel. Qualquer coisa que possa aparecer na tela, incluindo menus, botões, ícones e até elementos como cor e fonte, faz parte da IU.

Conforme explicado anteriormente, as interfaces de usuário costumavam ser muito simples, consistindo em uma linha de comando em que o usuário digitava algum código e recebia a saída textual.

A invenção da primeira interface gráfica do usuário na década de 1980 mudou a indústria de computadores para sempre. As GUIs tornam os computadores acessíveis a pessoas que não sabem codificar.

O UI Designer geralmente está mais preocupado com a interação com o cliente e a aparência visual do produto. Ele se concentra no que os usuários veem na tela. Há muitos cruzamentos entre interface do usuário, visualização de dados, web design e design gráfico.

Os UI Designer contam com seu senso de marketing e habilidade artística para criar designs intuitivos, mas bonitos, para as interfaces de vários dispositivos, sites e aplicativos. Seu principal objetivo é conduzir o usuário pela experiência de forma natural, por meio de tipografia, alinhamento, espaçamento, cores , formas, etc.

Perspectivas de carreira de um UX e UI

Profissionais de UX e UI estão em alta demanda. Houve um aumento repentino de empregos na área de design, bem como um aumento de novos profissionais. Se você está pensando em mudar de carreira ou aprender mais sobre as práticas de UX e UI, agora é um ótimo momento.

No entanto, com o boom de ambas as profissões, o conceito do que os designers de UX e UI fazem tornou-se cada vez menos claro. Alguns especialistas acreditam que o design UX será dividido em várias disciplinas nos próximos anos, forçando os profissionais dessa área a se especializarem ainda mais.

A indústria de design de IU também está passando por algumas mudanças rápidas, à medida que as empresas começam a fazer experiências com técnicas algorítmicas e inteligência artificial. Ainda precisaremos de designers de IU no futuro, mas o conjunto de habilidades necessárias provavelmente mudará e evoluirá. Como em qualquer profissão, é bom diversificar.

Resumo

Agora que você está ciente das principais diferenças e semelhanças entre UX e UI, deve ser mais fácil entender por que ambos são elementos importantes do design do produto.

Ter uma boa combinação de UX e IU é a solução ideal, mas geralmente requer paciência para análises e pesquisas consistentes do usuário.

Entenda como funciona o Google Ads

Como funciona o Google Ads?

Uma forma de aumentar o tráfego para sua marca, produto ou serviço é usar o  Google Ads. De acordo com Reliablesoft.net, o  Google  é o mecanismo de busca mais popular de 2020. Então, o que isso significa para você? Começar a  usar o Google Ads pode colocá-lo no topo da página de resultados do mecanismo de pesquisa do Google, o que significa que você terá mais oportunidades de se tornar conhecido em seu  mercado-alvo. Sem mencionar que sua receita pode aumentar até 8 vezes  com a incorporação do  Google Ads no marketing da sua empresa.

Explicaremos o processo de criação de um anúncio do Google para sua empresa em um guia passo a passo simples de  4 partes . Inclui um cronograma para profissionais de marketing que estão mais familiarizados com a linguagem de marketing e publicidade. Também mencionaremos o que devemos ter em mente durante o processo de criação do anúncio do Google.

 

Se você acabou de iniciar seu processo de marketing ou é uma pequena empresa, o Google Ads tem uma  opção de campanha inteligente . Esta é uma ótima opção se você ainda não tem uma equipe de marketing. Dependendo dos seus objetivos, as campanhas inteligentes serão automatizadas de acordo com o comando de sua marca. Isso inclui anúncios criativos, ligações, visitas a sites, bem como instruções de endereço.

Dicas ao criar anúncios do Google.

Quando se trata de anúncios,  palavras-chave otimizadas  são essenciais. Uma boa dica é perguntar a si mesmo como o seu público-alvo pesquisará o seu produto. Lembre-se de que seu público-alvo está procurando uma solução para seu problema.

Também é importante que suas palavras-chave correspondam  ao título  para evitar anúncios irrelevantes. Palavras-chave otimizadas também aumentarão seu  índice de qualidade  se forem relevantes e de alta qualidade.

Ter um  plano de orçamento  para seus anúncios também é uma boa ideia. O suporte do Google Ads  tem algumas sugestões de orçamento e explica o tópico com exemplos para melhor compreensão.

 

 

O que esperar.

Agora explicaremos o cronograma da nova campanha do Google Ads em termos simples:

  1. Objetivo. Quando você chegar  à  página de anúncios do Google , deverá escolher o seu principal objetivo de publicidade. Ele lhe dará três opções: obter mais chamadas, obter mais vendas ou inscrições no site ou obter mais visitas ao seu local físico.
  2. Informação de negócios. Em seguida, você deverá fornecer suas informações comerciais, incluindo o nome e o site.
  3. Público. Em seguida, ele exibirá um mapa que mostra o tamanho potencial do público no Google usando as informações do seu site. Também lhe dará a opção de definir um raio ou de escolher áreas específicas para o seu público.
  4. Definir. Você será solicitado a definir seu produto ou serviço. Lembre-se do idioma, da categoria de negócios e do produto ou serviço que você está tentando promover. O Google começará a fornecer sugestões nesta página e uma estimativa do tamanho do público.
  5. Escreva seu anúncio. Agora você pode começar a personalizar seu anúncio com títulos, uma descrição e imagens. Uma visualização aparecerá à direita para mostrar como o anúncio ficará de acordo com suas edições.
  6. Defina seu orçamento. O Google fornecerá opções de orçamentos médios diários, o preço do orçamento muda proporcionalmente ao número de público e cliques em anúncios. Se você estiver com um orçamento apertado, a opção de cancelar seu anúncio está aberta a qualquer momento.
  7. Revisão e cobrança. O anúncio está quase completo. Revise as informações inseridas para se certificar de que estão corretas. Por último, insira suas informações de faturamento e pagamento e clique em enviar. Seu anúncio agora está completo!

 

Opções de marketing profissional.

O Google Ads permite que os profissionais de marketing façam uma campanha mais detalhada e recebem uma lista de opções de campanha diferente, incluindo pesquisa, display, vídeo, aplicativo e compras. Para este exemplo, terei um cronograma para uma campanha de exibição.

Objetivo.
A primeira página começa perguntando sua meta. Uma meta para nossa marca, neste caso, poderia ser aumentar o tráfego do site. Na mesma página, o Google oferece a opção de subtipos de campanha, vamos escolher a campanha do Gmail por enquanto, mas sempre podemos voltar e alterá-la para o padrão. Se você não tiver certeza de qual é a diferença, você pode clicar em aprender  para obter uma explicação. Por último, adicione o link do seu site.

Crie sua campanha. Aqui você poderá nomear sua campanha e escolher seu local e idioma. Como profissional de marketing, você poderá se aprofundar mais nesta página em termos de lances e dos usuários que está tentando alcançar. Na seção “lances”, você terá a opção de escolher seu foco e como deseja alcançá-lo. Em seguida, você fornece o gasto médio diário para criar um orçamento para seu anúncio. Você especificará quais palavras-chave, públicos e dados demográficos que deseja alcançar com seu anúncio. Você também recebe um espaço para fornecer o lance do grupo de anúncios (o CPC máximo). Por fim, você cria seu anúncio e fornece informações de faturamento. Pronto, agora você tem seu anúncio do google completo!

 

 

Avaliação da sua campanha no Google Ads

Depois que seu anúncio estiver no ar, é importante monitorar o desempenho dele regularmente. Para visualizar seu desempenho, vá para sua conta de anúncios do Google e clique em  Anúncios e extensão  no menu que se encontra no lado esquerdo (pode ser diferente para aqueles que usam a experiência anterior do AdWords). Em seguida, você poderá visualizar o status do anúncio, a taxa de cliques (CTR) e o custo por clique (CPC). Para obter mais informações, consulte a  Ajuda do Google Ads.

O que são palavras-chave de cauda longa?

O que são palavras-chave de cauda longa

Se você é  novo no mundo do  SEO , ou mesmo se é experiente, já ouviu falar sobre a importância das palavras-chave de cauda longa. Para os novatos, esse termo pode soar muito estranho! Mas você se familiarizará com ele em breve. 

Vamos revisar o que exatamente  são palavras-chave de cauda longa, suas vantagens e as estratégias mais úteis para encontrá-las.

 

 

O que são palavras-chave?

Antes de mergulharmos nas palavras-chave de cauda longa, é importante entender o que são as palavras-chave. Palavras-chave são os termos que os usuários inserem na caixa de pesquisa de sites como o Google; podemos pensar neles como as “perguntas” que o mecanismo de pesquisa deve responder, embora não precisem ser perguntas.

Às vezes, essas pesquisas são compostas por um único termo, mas, mais frequentemente, combinam várias palavras ou mesmo formam uma frase completa. Às vezes, os SEOs fazem uma distinção entre palavras-chave e frases-chave, mas elas funcionam da mesma maneira. É comum que os usuários usem perguntas e frases completas ao realizar pesquisas, o que nos leva a palavras-chave de cauda longa.

O que são palavras-chave de cauda longa?

Em  SEO , o termo ” cauda longa ” é usado para se referir a  termos de pesquisa muito específicos  (geralmente uma frase com várias palavras). Por exemplo, “tênis” seria uma palavra-chave genérica (ou palavra-chave de cauda curta), enquanto “tênis de corrida de montanha” seria uma palavra-chave de cauda longa.

Esses termos geralmente têm menos pesquisas do que palavras de cauda curta, mas geralmente tendem a ser pesquisas e fontes de tráfego mais relevantes. 

Palavras-chave de cauda longa  oferece algumas vantagens interessantes:

  • Palavras-chave de cauda longa  são muito menos competitivas do que palavras-chave genéricas, então o posicionamento no topo do Google é muito mais fácil.
  • Por se tratarem de buscas muito específicas, as  chances de conversão são muito maiores . Um usuário que pesquisa “tênis” pode estar procurando informações gerais ou talvez esteja interessado em tênis para basquete, por exemplo. Já se você está procurando “tênis para correr uma maratona”, sabemos que você está interessado em um produto muito específico.
  • Os  custos  de  posicionamento de palavras-chave de cauda longa  são muito  mais baixos , por isso são muito adequados para pequenas e médias empresas que desejam aproveitar ao máximo seu investimento em SEO.

Como posso encontrar palavras de cauda longa para minha marca?

  • Pense em  todas as palavras  – chave relacionadas à marca que  você puder imaginar. Junte-se à sua equipe e estabeleça uma meta de tempo para encontrar o máximo de palavras possível. Em seguida, classifique-os em grupos relacionados e use-os como ponto de partida para as sugestões a seguir.
  • Use o recurso de “preenchimento automático” do Google   Quando pesquisamos uma palavra ou grupo de palavras no Google, o próprio mecanismo de pesquisa sugere maneiras de completar a frase, portanto, anote-as. Se você adicionar um asterisco no início ou no final de sua palavra-chave, ele mostrará ainda mais ideias.
  • Use  ferramentas de palavras-chave.  SEMRush ou a ferramenta de palavras-chave do Google é um bom ponto de partida para encontrar termos relacionados. Você pode pesquisar ideias a partir de suas próprias palavras-chave, do seu site ou do site de um concorrente. Se essas duas ferramentas não forem suficientes para você, você pode tentar uma solução de cauda longa mais especializada, como Ubersuggest ou Keyword Tool.
  • Pense em perguntas . Que tipo de coisa seus clientes costumam perguntar a você e como você acha que eles os pesquisariam no Google? Lembre-se de que palavras-chave de cauda longa podem ser longas, então não tenha medo de perguntar. E lembre-se também de que as palavras-chave de cauda longa não são apenas para pesquisas escritas, mas também para assistentes de voz.
  • Adicione o local.  Se você vende produtos ou serviços com base em um local, uma maneira muito rápida de gerar caudas longas é adicionar locais diferentes ao final de uma palavra-chave. Por exemplo, “bolos para aniversários de crianças São Paulo”.

SEO: Como Gerar Tráfego Orgânico para o seu Site

Como Gerar Tráfego Orgânico para o seu Site

SEO ou search engine optimization é uma disciplina que envolve a aplicação de uma série de técnicas em um site para melhorar sua posição nos buscadores , sendo muito útil dentro de uma estratégia de Inbound Marketing . O objetivo do SEO é fazer com que um site apareça o mais alto possível nos resultados da pesquisa, a fim de atrair mais visitantes e, assim, aumentar as possibilidades de conversão. Para evitar confusão, é importante distinguir entre SEO e SEM :

  • O SEO posiciona o site entre os resultados orgânicos, ou seja, não podemos pagar o buscador para melhorar nosso posicionamento.
  • Em contraste, o SEM posiciona a web por meio de anúncios pagos em mecanismos de busca.

Embora existam muitos motores de busca em todo o mundo, no nosso país o Google é claramente o rei. Portanto, quando falamos em SEO , em geral nos referimos ao posicionamento de um site no Google.

Dentro de uma estratégia de entrada, as técnicas de SEO nos ajudam a criar um canal de tráfego qualificado de longo prazo. Uma vez que esses usuários tenham alcançado nosso site, podemos usar diferentes estratégias para capturá-los e torná-los clientes em potencial.

 

Vantagens de SEO para marcas

  • Se o seu site é a sua loja , o SEO equivale a uma vitrine, e isso resulta em visitas. Por exemplo, se você conseguir posicionar seu site em primeiro lugar por uma palavra-chave com 100.000 buscas por mês, e o primeiro resultado levar 20% dos cliques, você terá mais 20.000 visitas mensais.
  • Através de técnicas de SEO , atraímos visitantes ao nosso site, por isso é uma ferramenta muito interessante para iniciar nossos processos de inbound marketing e transformar esses visitantes em leads e clientes.
  • Otimizar um site para mecanismos de pesquisa requer tempo e esforço , mas devemos ter em mente que é uma fonte de resultados de longo prazo. Depois de conseguir posicionar o site, você terá uma fonte constante de visitas sem custos adicionais.
  • As técnicas de posicionamento na web são projetadas para melhorar a experiência do usuário e a qualidade dos conteúdos . Se você aplicá-los corretamente, não só poderá se posicionar melhor nos buscadores, mas também melhorar os resultados do seu site em geral.
  • Em geral, os usuários contam com os algoritmos do Google para distinguir quais páginas são da mais alta qualidade e contêm as informações que procuram . Portanto, se o seu site aparecer entre os primeiros resultados, eles tenderão a confiar mais na sua marca e você terá mais facilidade em convertê-los.

Tipos de SEO

Há duas distinções fundamentais que devemos fazer para diferenciar os tipos de SEO : por um lado, SEO na página e SEO fora da página e, por outro lado, SEO Black Hat e SEO White Hat .

 

SEO na página e fora da página

  • SEO On-Page é, como o próprio nome sugere, aquele que foca na melhoria do próprio site através da otimização dos seus elementos internos: conteúdo, títulos, descrições, tempos de carregamento, etc. Para os motores de busca, o SEO na página melhora a relevância de uma página da Web, ou seja, sua correspondência com uma pesquisa específicas. Também pode atrair usuários graças ao conteúdo que é exibido nas páginas de resultados do Google (título e descrição da página). Além disso, ao melhorar a estrutura do site e seu conteúdo, o SEO na página pode facilitar a experiência do usuário.
  • O SEO Off-Page  concentra-se em fatores externos e visa determinar a autoridade ou popularidade de um site. Dentro dos elementos de SEO Off-Page podemos encontrar links para um website, presença em redes sociais, menções na mídia ou a proporção de usuários que clicam quando ele aparece nos resultados da pesquisa. Em resumo, podemos pensar no SEO Off-Page como as “relações públicas” da nossa página.

 

White Hat X Black Hat, Qual a diferença?

  • White Hat  é baseado em técnicas que seguem as diretrizes dos buscadores e que visam posicionar a web de maneira ética. Em geral, as técnicas de “chapéu branco” resultam em sites de maior qualidade e melhoram a experiência do usuário.
  • Por outro lado, o White Hat busca contornar as regras para obter resultados rápidos em um curto espaço de tempo, por exemplo, incluindo conteúdo oculto na web ou links de spam em fóruns e blogs. Embora às vezes você possa obter um salto rápido no posicionamento, no longo prazo é muito arriscado e também não agrega valor para a marca ou para o usuário, por isso não o recomendamos.

Técnicas básicas de otimização de mecanismos de pesquisa

mundo das técnicas de SEO é muito complexo e elas são constantemente atualizadas conforme o Google modifica seus algoritmos. No entanto, aqui estão algumas das ferramentas básicas que irão melhorar seu posicionamento na web dentro de uma estratégia de marketing de entrada :

  • Pesquisa de palavras – chave : as palavras-chave são aqueles conceitos para os quais buscamos posicionar nosso site. Portanto, uma boa estratégia de SEO baseia-se em estudar quais conceitos são os mais pesquisados ​​em nossa área e como incluí-los em nosso site para que o Google os detecte.
  • Otimização de sites : sites que costumam falhar ou são mal otimizados para dispositivos móveis e têm tempos de carregamento excessivos, esses são dois dos maiores inimigos do SEO. Para poder se posicionar corretamente nos buscadores, é necessário fazer uma afinação da web do ponto de vista técnico.
  • Escolha de URLs amigáveis : os URLs ou links das diferentes páginas de um site são um aspecto fundamental de seu posicionamento. Idealmente, eles devem ser o mais simples possível e conter as palavras-chave que procuramos posicionar.
  • Criação de conteúdo de qualidade : motores de busca dão prioridade para páginas que são úteis para os usuários. Ter um conteúdo de qualidade bem organizado e atualizações frequentes nos ajudará a melhorar o SEO.
  • Títulos, cabeçalhos e descrições : todos os artigos e páginas do site devem ter um título descritivo contendo as palavras-chave. Eles também devem ser divididos em diferentes seções com seus títulos correspondentes. Além disso, as descrições de cada página aparecem nos resultados dos motores de busca, portanto, otimizá-las deve ser uma prioridade …
  • Link building: refere-se à inclusão de técnicas concebidas para gerar links para o nosso site a partir de outros sites. Sempre buscaremos obter links de sites de qualidade, evitar spam e cuidar de detalhes como o texto do link e o tipo de relacionamento que estabelecemos com nossa página (follow ou nofollow).

Esperamos que esta informação ajude você a aprender um pouco mais sobre o que é SEO e como você pode melhorar seu posicionamento em buscadores para reforçar sua estratégia de inbound marketing e os resultados de sua marca a médio e longo prazo.

O que é pesquisa de palavra-chave?

pesquisa de palavra-chave

A pesquisa de palavras-chave  é uma etapa fundamental de qualquer   estratégia de SEO ou  campanha de PPC . Explicaremos o que é, como aplicá-lo à sua marca e quais ferramentas você pode usar.

 

O que é uma palavra-chave?

Palavras-chave são os termos que os usuários inserem na barra de pesquisa em sites de mecanismos de pesquisa,  como Google, Yahoo e Bing; pense neles como as “perguntas” a que o mecanismo de pesquisa deve responder, embora não sejam necessariamente perguntas.

Às vezes, essas pesquisas são compostas com uma única palavra, mas com mais frequência combinam várias palavras ou até mesmo formam uma frase completa. Portanto, às vezes é feita uma distinção entre  palavras  –  chave e frases-chave , embora neste artigo iremos usar “palavra-chave” para nos referirmos a ambas.

Em geral, as palavras-chave tendem a ser mais  longas em pesquisas de cauda longa  (por exemplo, tênis de corrida feminino ) e em  pesquisas por voz.  Além disso, é comum que os usuários usem perguntas e frases completas em pesquisas por voz.

Compreendendo a importância das palavras-chave para os mecanismos de pesquisa, fica claro por que a pesquisa por palavras-chave é tão importante.

  • Palavras-chave são a principal forma de os usuários encontrarem blogs ou páginas da web, pois muito poucas pessoas escrevem URLs diretamente no navegador. Portanto, as palavras-chave são o primeiro passo para garantir a  visibilidade  da sua marca online.
  • Uma boa seleção de palavras-chave possibilita que seu site apareça em uma posição superior nos resultados de pesquisas e, portanto, atraia muito mais  tráfego. Lembre-se de que os três primeiros resultados do Google são responsáveis ​​pela maioria das visitas e poucos usuários vão além da primeira página de resultados.
  • O posicionamento na web também contribui para a imagem da sua  marca . Mais ou menos conscientemente, os usuários tendem a assumir que os sites que aparecem nos primeiros resultados são melhores ou mais importantes do que os da concorrência.
  • Escolher bem os termos de pesquisa o ajudará a definir a  estrutura  do seu site e sua estratégia de conteúdo. Você pode pensar neles como uma espécie de “mapa” que orienta as etapas a seguir para construir sua marca online.
  • Evite perder tempo e recursos . Se você tentar usar uma palavra com alta competição ou baixo volume de pesquisas, estará perdendo tempo e dinheiro. Por exemplo, o termo pode ter muita concorrência, ser muito genérico ou atrair usuários que não estão interessados ​​em seus produtos e serviços.

O que é pesquisa de palavras-chave?

A pesquisa de palavras-chave  consiste em  identificar uma série de palavras-chave ou termos de busca que sejam interessantes para sua marca , a fim de que seu site apareça no Google quando os usuários os pesquisarem.

Esses termos de pesquisa serão a base em torno da qual organizaremos toda a nossa estratégia de SEO, portanto, a pesquisa de palavras-chave será sempre um dos primeiros passos a serem dados.

Uma boa pesquisa de palavras-chave é baseada no equilíbrio de diferentes  requisitos :

  • A  relevância  da palavra-chave, ou seja, ela está realmente relacionada aos nossos produtos e serviços.
  • Seus  objetivos de marketing . Por exemplo, se você deseja converter, deve procurar termos com alta intenção de compra.
  • Que tenha um  número suficiente de pesquisas.
  • Que  não haja muita concorrência .

Como fazer pesquisa de palavras-chave passo a passo

  1. Identifique palavras-chave de cauda longa e cauda curta.  Palavras-chave de cauda curta (carro vermelho, boné de praia) são as mais genéricas e geralmente têm uma ou duas palavras no máximo. Eles tendem a atrair um grande volume de pesquisas e concorrência. Por outro lado,  palavras-chave de cauda longa  (Honda CRV vermelho, boné de praia azul da nike ) são muito mais específicas. Embora o volume seja menor, eles são valiosos porque são relevantes e podem ter altas taxas de conversão.
  2. Procure por ideias.  Usando as palavras-chave que você identificou na seção anterior, tente criar uma lista com tantas palavras-chave relacionadas quanto possível. Faça um brainstorm com sua equipe e use algumas das ferramentas da próxima seção.
  3. Avalie o valor de cada palavra-chave.  Leve em consideração o volume de pesquisas de cada palavra-chave e o nível de concorrência. A ideia é obter tráfego relevante sem ter que competir por palavras muito básicas. As palavras-chave ideais apresentam baixa concorrência e alto volume de pesquisa.
  4. Analise seus concorrentes.  Além de ver se uma determinada palavra-chave tem um preço alto ou não, também é conveniente usar ferramentas de análise da concorrência para ver o que outras marcas estão fazendo e como pode ser fácil vencê-las para cada palavra-chave.
  5. Faça a lista final. Com todas as informações que reuniu nas etapas anteriores, agora você pode selecionar as palavras-chave nas quais está mais interessado e começar a trabalhar com elas. Para obter o máximo de sua pesquisa de palavras-chave, você pode criar um banco de dados de todas as palavras-chave que você analisou, para que possa consultá-las quando precisar de mais ideias no futuro.

5 ferramentas de pesquisa de palavras-chave

  1. Planejador de palavras-chave do Google.  Esta é a ferramenta clássica e básica de pesquisa de palavras-chave. Mas se você não estiver investindo no Google Ads, ele não mostrará dados concretos, mas intervalos de valores.
  2. Google Trends . Fundamental para identificar palavras-chave sazonais e tendências.
  3. SEMrush . Uma ferramenta muito útil para encontrar palavras-chave relacionadas. Para começar a utilizá-lo, basta inserir um termo em seu mecanismo de busca.
  4. Ahrefs . Para detectar links, analise a concorrência e encontre os termos relacionados.
  5. keyword severywhere. Um add-on gratuito para Chrome e Firefox que mostra o volume de pesquisa, CPC e dados da concorrência nas páginas da web que você visita.

Otimização para mecanismos de pesquisa facilitada

Otimização para mecanismos de pesquisa facilitada

Muitos empresários podem se relacionar com esse cenário; você contratou um profissional para fazer a otimização de mecanismos de busca (SEO) em seu site, pagou a eles e eles trabalham há meses, mas não obtiveram resultados significativos.
Então, o que deu errado?
Na maioria das vezes, o problema está em uma desconexão entre a intenção de pesquisa de um cliente em potencial, as palavras-chave que eles estão usando e o conteúdo nas páginas de destino do site.

Noções básicas de SEO – qual é o objetivo de SEO?

O objetivo do SEO é simples – você está tentando atrair mais pessoas para o seu site.
A idéia básica é que, quanto mais visitantes acessarem seu site, mais consultas ou vendas você receberá. Parece bastante direto na teoria, mas na realidade nem sempre é esse o caso.
Do ponto de vista de um profissional de SEO, a principal tarefa é direcionar o máximo de tráfego possível para o seu site. Como proprietário de uma empresa, você deseja o máximo de tráfego relevante e direcionado possível.

Qual é o tráfego relevante do site?

Tudo se resume à intenção do pesquisador. Há três razões básicas pelas quais as pessoas pesquisam on-line:

  • Navegacional – eles estão tentando encontrar um local ou site.
  • Informativo – procurando informações sobre um tópico.
  • Transacional – pesquisa realizada com o objetivo de comprar algo.

O segredo é combinar a intenção do pesquisador com o conteúdo da sua página de destino.

Como criar sua estratégia de SEO

Agora que abordamos o básico, aqui está um rápido guia passo a passo sobre como pesquisar, planejar e implementar uma estratégia de SEO para sua empresa:

 

Determine seus objetivos. Você está tentando aumentar as vendas? Levar as pessoas a se inscreverem em seu Boletim de Notícias?

 

Realize pesquisas de palavras-chave para identificar possíveis palavras-chave. Use a ferramenta Planejador de palavras-chave do Google (disponível quando você se inscreve em uma conta do Google AdWords) para realizar pesquisas sobre as palavras-chave específicas de seus produtos ou serviços.

 

Pesquise as palavras-chave escolhidas para identificar a intenção do usuário. Para fazer isso, faça uma pesquisa no Google para cada palavra-chave que você identificou e analise os resultados do mecanismo de pesquisa.

 

Planeje e desenvolva páginas de destino em seu site. Cada palavra-chave que você identificou (e planeja usar como parte de sua estratégia de SEO) deve ter uma página de destino correspondente no seu site. Para cada palavra-chave e página de destino, identifique sua ação mais desejada e verifique se ela é altamente visível para os visitantes do seu site. Por exemplo, se você deseja que o usuário se inscreva na sua lista de emails, verifique se a página de destino exibe isso em uma posição privilegiada.

 

Configure e execute uma campanha do Google AdWords usando suas palavras-chave. Ao criar seus anúncios, configure também o acompanhamento de conversões.

 

Analise os resultados do seu acompanhamento de conversões e faça refinamentos em anúncios que não estão gerando conversões. Isso pode incluir pausar anúncios com baixa conversão e realocar seu orçamento para as palavras-chave e os anúncios que foram bem-sucedidos em ajudá-lo a alcançar seus objetivos.

 

Decida se você fará seu próprio SEO ou contratará um profissional. Independentemente de você fazer sozinho ou contratar um profissional, o guia inicial da Otimização para mecanismos de pesquisa do Google ajudará você a executar sua própria estratégia de SEO ou garantir que a empresa que você contrata está no caminho certo.

 

Dicas para contratar um especialista em SEO

Se você decidir terceirizar seu SEO, aqui estão algumas dicas para ajudá-lo a encontrar e selecionar o provedor certo:

  • Peça cinco exemplos de empresas para as quais eles alcançaram a classificação das três principais páginas nos resultados de pesquisa do Google.
  • Para ajudar a orientar seu especialista em SEO, forneça-lhes as palavras-chave que você sabe que resultarão em conversões para ajudá-las.
  • Monitore sua campanha de SEO em busca de metas e conversões.

Por que as pequenas empresas devem criar um site em 2020

Por que as pequenas empresas devem criar um site em 2020

Hoje em dia, ter um site para o seu negócio é fácil. Isso ocorre porque o comportamento do consumidor mudou ao longo dos anos para se adaptar às tecnologias em evolução. Segundo as estatísticas , 81% dos compradores pesquisam os produtos e serviços nos quais estão interessados ​​antes de fazer uma compra.

Infelizmente, embora quase todas as grandes empresas tenham sites, a maioria dos proprietários e gerentes de pequenas empresas não percebeu a necessidade. Isso é ainda mais preocupante, considerando que a criação de um site é super fácil, e há muitas opções de hospedagem disponíveis hoje.

Por que você precisa de um site para sua pequena empresa

Alcançar um novo mercado

Uma vez on-line, você aumenta tremendamente suas chances de descoberta. Quando os clientes em potencial pesquisam um tipo específico de empresa, com o SEO correto, podem facilmente acessar seu site no Google. Além disso, os clientes existentes também podem indicar novos clientes para você com facilidade, pois eles precisam apenas compartilhar o endereço do site.

Um site adiciona credibilidade à empresa

Quando os clientes aprendem sobre um negócio, eles naturalmente tentam encontrar mais informações sobre ele antes que possam fazer qualquer compra. A primeira coisa que eles fazem é procurar o negócio online. Se eles acharem que a empresa possui um site, naturalmente confiarão mais nele. Segundo um estudo , 75% dos usuários on-line aceitaram julgar a credibilidade de uma empresa com base no design do site.

Competir com os gigantes do mercado

Ter um site oferece uma chance de competir com as empresas estabelecidas em seu setor. Essas empresas geralmente dominam a internet, o que sempre leva a mais vendas. Ao otimizar seu site, você pode torná-lo mais alto e ser descoberto no lugar certo, na hora certa. Você pode usar as palavras-chave certas para melhorar sua posição on-line e até optar por publicidade com links para seu site.

Projetar uma imagem pública

Na maioria das vezes, você não pode controlar a percepção que o público tem sobre seus negócios ou o que eles vêem nas mídias sociais. No entanto, um site fornece uma avenida para criar sua própria história. Você pode falar sobre a missão do negócio e até mostrar críticas de clientes satisfeitos.

Esteja disponível 24/7

Depois de colocar o site on-line, você nunca mais precisará exibir o sinal de “fechado para negócios”. Os clientes podem acessar sua empresa durante o dia e no horário comercial anterior e, de alguma forma, você estará interagindo com eles. Isso é especialmente verdadeiro para empresas que podem vender seus produtos on-line, pois isso levará a um aumento nas vendas. Para outras empresas, os clientes também podem ter um formulário no qual podem registrar interesse, e você poderá retornar a eles.

É fácil fazer isso

Hoje, é fácil criar um site e hospedá-lo para se beneficiar do exposto e muito mais. Na verdade, com a ajuda dos criadores de sites, você nem precisa ter um designer de site ou qualquer experiência em codificação para começar. Depois disso, você poderá escolher um plano de hospedagem acessível, que poderá ser escalado de acordo com o crescimento da empresa.

Receber novidade

Quais são as vantagens de criar anúncios no Facebook Ads?

Quais são as vantagens de criar anúncios no Facebook Ads?

Deseja conhecer os benefícios do Facebook Ads?

Esta lista de benefícios do Facebook Ads vai surpreender você. Você será grato por ler isso.

Você está cometendo um grande erro se não estiver aproveitando todos os benefícios do Facebook  Ads. Se você já está convencido de que precisa de publicidade no Facebook para sua empresa, entre em contato aqui . Caso contrário, continue lendo e, com certeza, você perceberá os benefícios que a publicidade no Facebook pode trazer para os seus negócios.

Você está perdendo dinheiro todos os dias se sua empresa não está anunciando no Facebook. Aqui está o porquê:

 Seus clientes passam a maior parte do tempo no Facebook

Vamos começar com os fatos . 80% de todos os usuários da Internet usam o Facebook. Mesmo 65% dos adultos acima de 65 anos usam o Facebook. Possui bilhões de usuários e a maioria deles verifica sua página no Facebook várias vezes por dia. Independentemente de quem são seus clientes, eles estão usando o Facebook. E eles usam todos os dias. Portanto, um dos benefícios mais importantes da publicidade no Facebook é que seus clientes a usam diariamente.

A anunciar no Facebook é a forma mais direcionada de publicidade

Um grande benefício da publicidade no Facebook é sua capacidade de atingir seu público exato. O Facebook é a forma mais direcionada de publicidade. Você pode anunciar para pessoas por idade, interesses, comportamento e localização. Se você realmente conhece seus clientes, pode usar o Facebook  Ads para envolvê-los.

Publicidade no Facebook é a forma mais barata de publicidade

Outro grande benefício de anunciar no Facebook é que é uma das formas mais baratas de publicidade . Você pode literalmente gastar  R$ 10,00 e alcançar 1.000 pessoas. Não faz sentido gastar mais em anúncios de rádio, comerciais de televisão, outdoors e outras mídias tradicionais para alcançar o mesmo público.

A publicidade no Facebook é rápida

A publicidade no Facebook é rápida. Ele gera resultados imediatos. Você pode começar a alcançar milhares de pessoas hoje. Portanto, se você está procurando uma maneira rápida de gerar tráfego e conversões, a publicidade no Facebook é a melhor solução.

Anunciar no Facebook aumenta o reconhecimento da marca

Anunciar no Facebook aumentará significativamente o reconhecimento da sua marca . É uma ótima maneira de conscientizar as pessoas sobre o que você tem a oferecer. Quanto mais as pessoas estiverem familiarizadas com a sua marca, maior será a probabilidade de elas comprarem seus produtos na hora de tomar uma decisão.

Anunciar no Facebook pode aumentar o tráfego do seu site

A publicidade no Facebook aumentará o tráfego do seu site. Você pode executar uma campanha de cliques  para atingir seu público-alvo e enviá-los ao seu site. Embora você possa aumentar o tráfego do site através de várias fontes, a precisão e a relação custo-benefício da publicidade no Facebook o tornam mais benéfico do que outras fontes.

Anunciar no Facebook  pode aumentar as vendas

A publicidade no Facebook não é um mito. Na verdade, gera receita, vendas e leads. .Parece bom, certo? A parte lamentável é que não é fácil aumentar as vendas através da publicidade no Facebook. Leva tempo e experiência. Você poderia facilmente desperdiçar milhares de reais e não ver nenhum retorno do seu investimento. Por isso, é altamente recomendável investir em um serviço de publicidade de mídia social ou contratar um especialista em publicidade do Facebook. Os custos de publicidade em mídia social  para gerenciamento profissional normalmente variam de R$ 1.000,00 a 4.000,00  / mês. Portanto, é mais econômico contratar uma agência profissional do que contratar um freelancer.

Publicidade no Facebook é mensurável

Não há adivinhação com a publicidade no Facebook. Os resultados são mensuráveis. E os números falam por si. Você poderá ver quantas impressões, cliques e conversões está recebendo. Para rastrear conversões, você precisará instalar pixels de conversão no seu site para rastrear a atividade. Isso é algo que seu especialista em publicidade do Facebook o ajudará.

 A publicidade no Facebook aumenta sua atribuição de cliente

A publicidade no Facebook aumentará sua atribuição de cliente. A atribuição é um número de vezes que seu público-alvo vê sua marca. Quanto mais vezes eles interagem com sua empresa, maior a probabilidade de conversão. A publicidade no Facebook ajudará você a aumentar seus pontos de contato com seu público e gerar mais conversões no futuro.

 Anunciar no Facebook pode reduzir seu custo por aquisição

Se você conseguir que a publicidade do Facebook funcione para os seus negócios, isso provavelmente diminuirá seus custos de aquisição. Como a publicidade no Facebook é muito barata, você pode excluir algumas das outras campanhas publicitárias caras em que investe.

 A publicidade no Facebook pode gerar vendas off-line

A publicidade no Facebook também pode gerar vendas offline. Muitos de nossos clientes que veiculam anúncios no Facebook veem maior tráfego na loja depois de trabalhar conosco. Alguns de seus clientes provavelmente verão seus anúncios no Facebook, visitarão seu site e sua localização se confiarem na sua solução.

A publicidade no Facebook pode envolver os visitantes do seu site

Você já visitou um site e viu o anúncio no Facebook logo depois? Essa é uma tática de publicidade chamada remarketing. O remarketing permite anunciar para visitantes recentes do site. Isso significa que, se alguém visitar seu site e não comprar ou entrar em contato com você, você poderá envolvê-lo novamente com publicidade no Facebook. Esse é um benefício enorme que pode aumentar drasticamente suas conversões.

A publicidade no Facebook pode gerar negócios repetidos

A publicidade no Facebook pode gerar várias vendas com o mesmos clientes que compraram de você no passado. Usando o recurso de público-alvo, você pode importar os e-mails dos seus clientes para a sua campanha publicitária no Facebook. Isso permitirá que você anuncie diretamente ao público com maior probabilidade de comprar de você.

 Publicidade no Facebook para cria  engajamento

A publicidade no Facebook cria engajamento com seu público-alvo. O engajamento consiste em curtidas, comentários e interações nos seus anúncios. O engajamento é importante porque significa uma conexão mais forte com seu público-alvo. À medida que as pessoas se envolvem com sua marca, uma conexão indireta está sendo desenvolvida. Quanto mais engajado for seu público, mais forte será sua conexão com eles. Quanto mais conectados eles estiverem à sua empresa, maior será a probabilidade de conversão. Investir no gerenciamento de mídias sociais também pode aumentar drasticamente seu envolvimento.

A publicidade no Facebook aumenta o boca-a-boca e as indicações

O aspecto social da publicidade no Facebook a torna melhor do que qualquer outra forma de publicidade existente. Os anúncios no Facebook podem se tornar virais. Se seus anúncios estiverem alcançando as pessoas certas, eles provavelmente o compartilharão com um amigo. A capacidade de espalhar rapidamente. recomendações será um benefício significativo que sua empresa pode capitalizar usando a publicidade do Facebook.

A publicidade no Facebook pode ajudá-lo a criar sua lista de emails

A publicidade no Facebook pode impulsionar seus esforços de marketing por email. Você pode utilizar os formulários de “anúncio principal” do Facebook para capturar contatos de email por meio de anúncios do Facebook. Você também pode direcionar o tráfego para um formulário externo em seu site para criar sua lista de e-mails.

A publicidade no Facebook pode aumentar o tráfego do seu blog

Um blog não chega a lugar nenhum sem tráfego. Você pode usar a publicidade do Facebook para expor seu blog às massas e gerar tráfego instantâneo. Ao anunciar seu blog, você pode ganhar mais confiança e credibilidade com seu público. Os blogs são uma ótima maneira de criar uma conexão mais profunda com seu público. E você pode usar a publicidade do Facebook para conectar  o seu blog com o público certo.

 Anunciar no Facebook pode aumentar sua classificação em SEO

Os mecanismos de pesquisa dependem de sinais sociais para classificar sites. Sinais sociais consistem na atividade em seu conteúdo de mídia social. Esta atividade inclui compartilhamentos, curtidas e comentários em suas postagens. A publicidade no Facebook pode ajudá-lo a aumentar seus sinais sociais, o que influenciará indiretamente seus rankings de SEO.

A publicidade no Facebook pode ajudá-lo a entrar em novos mercados

A publicidade no Facebook pode ajudá-lo a expandir para novos mercados. Se você estiver lançando um novo produto ou serviço no mercado, poderá usar a publicidade do Facebook para aumentar sua exposição. A publicidade no Facebook ajudará você a testar o mercado, no seu próprio ritmo.

Anuncie no Facebook em tempo real

A publicidade no Facebook é em tempo real. Você pode ver sua campanha em tempo real. E, se você não estiver satisfeito com os resultados, poderá fazer ajustes na sua campanha imediatamente.

Isso não é possível com outras formas de publicidade. Se você investe em anúncios de rádio, televisão ou mídia impressa, não poderá alterar seu anúncio imediatamente se não encontrar resultados. A publicidade no Facebook pode ajudar a reduzir suas perdas imediatamente e fazer ajustes para obter mais conversões.

A publicidade no Facebook pode proporcionar uma vantagem para as grandes empresas

A publicidade no Facebook pode ser uma estratégia que você usa para esmagar a concorrência. Você não precisa se preocupar com grandes concorrentes aumentando o custo da publicidade, como faria com o Google AdWords. É apenas você e seu público. Desde que seus anúncios sejam relevantes, é provável que eles tenham um desempenho eficiente com a publicidade no Facebook.

A publicidade no Facebook é móvel.

50% de todos os usuários da Internet são móveis. Mais de 84% dos usuários do Facebook acessam o Facebook a partir de um dispositivo móvel. De fato, o Facebook é um dos maiores aplicativos móveis que existem hoje. Se você estiver seguindo as tendências da publicidade, a publicidade no Facebook não falhará. Você pode anunciar para o seu público nos dispositivos que eles usam todos os dias.

De acordo com os últimos números divulgados neste último trimestre de 2019, foi anunciado que o Facebook alcançou novamente outro marco. Essa gigantesca rede de mídia social tem agora mais de 2,7 bilhões de usuários mensais.

E você sabe o que é mais interessante do que esses números? É o fato de que metade desses usuários faz login com seus telefones celulares. Sim, isso representa mais de um bilhão de potenciais compradores para o seu negócio.

A publicidade no Facebook é mais eficaz que a orgânica (o Facebook orgânico está quase morto)

Os dias de marketing orgânico no Facebook terminaram. Não existe marketing orgânico no Facebook. Para ter sucesso, você precisará usar a publicidade do Facebook. Mesmo se você estiver construindo uma comunidade de seguidores, provavelmente precisará usar a publicidade do Facebook para aumentar sua comunidade. Se você estiver postando conteúdo, provavelmente usará postagens promovidas para alcançar mais pessoas. A publicidade no Facebook é essencial se seus negócios planejam adaptar uma estratégia social.

A publicidade no Facebook é econômica (defina seu próprio orçamento)

A publicidade no Facebook é econômica . Você está no controle do seu destino. Você pode definir um orçamento diário ou vitalício. Você pode aumentar ou diminuir facilmente a qualquer momento.

No entanto, às vezes esse livre arbítrio pode voltar para assombrá-lo. Se você gasta menos, pode não ter exposição suficiente. Se você gastar demais na campanha publicitária errada, poderá desperdiçar milhares de dólares. Use um serviço de publicidade do Facebook para evitar desperdiçar dinheiro e tempo preciosos para obter mais vendas.

Anunciar no Facebook é o investimento mais econômico que você pode fazer

O Facebook é o investimento em publicidade mais econômico que qualquer empresa pode fazer. Os benefícios da publicidade no Facebook são infinitos. Você pode dobrar, triplicar ou quadruplicar o crescimento de seus negócios com a publicidade no Facebook. É mais barato do que quase todas as fontes alternativas de publicidade. As opções de segmentação são mais precisas que as demais. Você pode segmentar clientes anteriores, visitantes do site e informações demográficas específicas. Você pode aumentar seus pontos de contato com seu público, aumentar a conscientização e atribuir a conversões no futuro.

Como divulgar minha empresa na internet?

8 Etapas para divulgar sua empresa na Internet

  1. Realizar pesquisas de mercado
  2.  identifique seu público -alvo
  3. Identifique sua proposta de venda
  4. Desenvolva a sua marca comercial
  5. Escolha suas estratégias de marketing
  6. Defina suas metas e orçamento
  7. Crie um relacionamento  com o seus clientes
  8. Monitorar e revisar suas campanhas

 

Como fazer pesquisa de mercado?

A pesquisa de mercado é uma parte essencial do desenvolvimento de sua estratégia de marketing.
Trata-se de coletar informações sobre o pensamento de seus clientes, padrões de compra e localização.
Além disso, a pesquisa de mercado também pode ajudá-lo a realizar uma previsão de vendas inicial, monitorar as tendências do mercado e acompanhar o que a concorrência está fazendo.
Saiba mais sobre pesquisa de mercado .

O que é publico alvo de uma empresa?

Tentar promover seu produto ou serviço para todos pode ser caro e ineficaz.
Agrupar ou segmentar seus clientes em potencial com base em determinadas características ajudará a concentrar seus esforços de marketing.
Geralmente a segmentação é baseada em fatores como:

  • geografia – localização
  • dados demográficos – idade, sexo, nível de escolaridade, renda, ocupação
  • comportamento – lealdade, atitude, disponibilidade para comprar, taxas de uso
  • estilo de vida – classe social, personalidade, valores pessoais.

Seu mercado-alvo deve ter necessidade de seu produto ou serviço e estar disposto a pagar por sua oferta.
Saiba mais sobre Público-Alvo

Identifique sua proposta de venda exclusiva (USP)

A (USP- Proposta Única de Venda) é a razão única pela qual seus clientes compram de você e não de seus concorrentes – é o que faz sua empresa se destacar da multidão.
É importante definir o que você faz de maneira diferente e ser capaz de transmitir isso aos clientes em potencial. Geralmente, isso reflete seus conhecimentos ou habilidades especiais.
Seu USP pode estar tendo uma oferta nova ou exclusiva ou fornecendo um serviço excepcional. Comece a desenvolver seu USP respondendo às seguintes perguntas:

  • O que você mais ama nos seus produtos e serviços?
  • Que habilidades ou conhecimentos especiais você tem?
  • O que faz com que seus clientes venham até você em vez de seus concorrentes?
  • Como seus clientes se beneficiam adquirindo seus produtos ou serviços?
  • Quais aspectos você geralmente destaca quando descreve seus negócios para estranhos?

Como desenvolver uma marca comercial?

Toda empresa, independentemente do tamanho, provavelmente precisará de uma marca. Uma marca é mais do que um logotipo, cor ou slogan.
Uma marca bem articulada se conecta emocionalmente com seus clientes-alvo e transmite quem você é, o que representa e o que pode oferecer.

Quais os principais  meios de divulgação?

Embora haja muitos disponíveis, considere seu público-alvo ao determinar qual usar.
As opções incluem um site de negócios, mídias sociais, blogs, revistas, Cartões de visita e panfletos  jornal, eventos de rede, televisão, radio, internet, e-mail marketing etc…

como definir  metas e orçamento de marketing ?

Os objetivos de marketing ajudarão você a definir o que você deseja alcançar através de suas atividades de marketing.
Seus objetivos devem ser S.M.A.R.T, o conceito S.M.A.R.T foi apresentado por Peter Drucker em 1981 e é um acrónimo que significa inteligente, na língua inglesa. Este conceito foi criado com o intuito de ajudar pessoas e organizações a estabelecerem objetivos, principalmente em planos estratégicos e de desenvolvimento pessoal.
A palavra SMART significa:  Specific (Específico), Measurable (Mensurável), Achievable (Alcançável), Realistic (Realista) e Timing (Tempo/Duração). No entanto, o que realmente interessa é a aplicação prática do conceito e o que está por detrás do significado de cada letra.
Você também precisará alocar um orçamento para suas atividades de marketing. Seu orçamento de marketing precisará incluir elementos como:

  • desenvolvimento e manutenção de sites
  • estratégia de otimização de mecanismo de pesquisa (SEO)
  • design de marca
  • impressão de material promocional (Cartões de visita e panfletos, sinalização etc.)
  • Publicidade
  • doações e patrocínios
  • empregar funcionários para realizar atividades de marketing.

DICA: Como regra geral, você deve gastar entre três e cinco por cento do seu faturamento anual real ou esperado em marketing. Se sua empresa for nova, talvez seja necessário alocar mais fundos inicialmente para criar seu perfil comercial.

Saiba mais sobre o desenvolvimento de um plano de marketing .

Crie um relacionamento com seus clientes

Seus clientes são a chave do seu sucesso, por isso é importante cuidar deles e incentivar a lealdade. Prestar um serviço excepcional ao cliente pode fazer com que as pessoas voltem e o diferenciem de seus concorrentes.
As estratégias para criar lealdade nos clientes incluem:

  • comunicando-se regularmente com os clientes por meio de mídias sociais, blogs ou e-news
  • fornecendo acompanhamento pós-venda
  • cumprindo suas promessas
  • indo além e oferecendo benefícios que excedem as expectativas iniciais
  • usando feedback e reclamações como uma oportunidade para melhorar os serviços
  • ouvindo clientes
  • treinamento de equipe em atendimento ao cliente e processos básicos de vendas.

Monitoramento de Resultados no Marketing

É importante monitorar e revisar regularmente suas atividades de marketing para determinar se estão atingindo o resultado desejado, como aumento de vendas. Inicialmente, você deve revisar seu plano de marketing a cada três meses. Quando sua empresa se tornar mais estabelecida, analise seu plano quando você introduzir um novo produto ou serviço, se um novo concorrente entrar no mercado ou se surgir um problema que afeta seu setor.
As atividades de monitoramento podem incluir a revisão regular de seus números de vendas (mensalmente) ou o monitoramento da atividade do cliente durante uma campanha publicitária.
Você também pode acessar e revisar ferramentas analíticas gratuitas para determinar a eficácia de suas mídias sociais ou campanhas no site.
Saiba mais sobre marketing online