O QUE É GOOGLE ADS, E COMO FUNCIONA ?

Por:

O QUE É GOOGLE ADS, E COMO FUNCIONA

Google Ads (anteriormente Google AdWords) são anúncios pagos na pesquisa e na rede de publicidade do Google.

Os anúncios do Google são muito mais do que puros anúncios de texto na pesquisa do Google: o potencial da publicidade se estende muito além da pesquisa e na rede de publicidade do Google. Quase toda as páginas na internet são potências candidatas aos anúncios do Google.

Por trás disso, estão os formatos de campanha com diferentes conteúdos e requisitos técnicos – um universo de publicidade estimulante e diversificado para as empresas!

Publicidade

Com este artigo, ajudarei você a entender esse universo, mesmo sendo um iniciante, e a descobrir como você mesmo pode usar o Google Ads para suas metas de marketing.

Você já se perguntou o que é o Google Ads?

O Ads permite que os usuários selecionem um conjunto de palavras-chave e exiba anúncios para usuários que pesquisam no Google  essas palavras-chave selecionadas.
No caso de um restaurante, você pode escolher palavras-chave como “Restaurantes em São Paulo” e “restaurantes que servem peixe” e preparar um pequeno anúncio com um link para seu site que será exibido ao lado dos resultados da pesquisa para esses termos. Os anunciantes do Google Ads são cobrados por clique em um link de publicidade ou por impressão do anúncio.

O princípio é relativamente simples:

Você precisa de uma conta do Google, algumas informações básicas sobre a empresa, como endereço postal e número de telefone, e um snippet de código integrado ao site. O link para o Google Ads é estabelecido por meio do snippet.

Os anunciantes podem então dar lances pelo espaço publicitário e aparecer em sites do programa de publicidade do Google, dependendo da relevância do tópico e do controle da campanha.

Regra básica do Google Ads: o princípio do leilão

Você já ouviu falar do princípio do leilão relacionado ao Google Ads?

O princípio do leilão é a base sobre a qual o Google determina as posições de anúncio do anunciante. É assim que os canais de anúncios individuais surgem na pesquisa.

Os anúncios da Rede de Pesquisa são baseados em palavras-chave que os anunciantes usam para promover seus anúncios. Por exemplo, a palavra-chave “curso de mecânica de motos á distancia” pode ser relevante para as empresas que prestam esse serviço.

Se um usuário iniciar uma consulta de pesquisa correspondente à palavra-chave no Google, um leilão em tempo real será iniciado em paralelo. Esses três grupos de interesse desempenham um papel:

  1. Prospecto (cliente potencial)
  2. Google
  3. Anunciante

Em nosso exemplo, o usuário procura por provedores de ensino à distância adequados. Neste momento, o Google gostaria de apresentar a oferta ideal ao interessado. Ao mesmo tempo, a empresa tenta, com sua publicidade no Google, convencer o interessado com sua publicidade e incentivá-lo a clicar. Mas como exatamente o Google calcula as posições dos anúncios?

No leilão em tempo real, o mecanismo de pesquisa usa basicamente esta forma:

Lance x Índice de qualidade do anúncio = classificação do anúncio

Para entender melhor essa fórmula:

  • O índice de qualidade é uma escala de classificação de 1 a 10 que o Google usa para determinar a qualidade dos anúncios e campanhas.
  • O lance é o preço do clique que o anunciante está disposto a pagar por clique em seu anúncio.

Com os anúncios de pesquisa, os anunciantes pagam apenas por clique no anúncio, não por inserção de anúncio. Por outro lado, é claro, um lance muito alto também pode resultar em um fator de alta qualidade. Em última análise, trata-se sempre da interação de ambos os fatores, que são multiplicados para calcular a classificação do anúncio. Para colocar publicidade no Google com sucesso, você deve entender esse princípio logo no começo.

Quanto custa o Google Ads?

Uma conta do Google Ads é gratuita. Os custos são baseados no orçamento de publicidade que você especificou, os cliques obtidos e os preços dos cliques pagos por eles. Dependendo do formato da publicidade, você pode pagar por impressões ou visualizações – para anúncios gráficos ou em vídeo, por exemplo.

Se você definiu um orçamento diário ou mensal, já tem uma previsão aproximada dos custos que serão incorridos.

No entanto, o Google agora se reserva o direito de exceder os orçamentos diários em até 100 por cento. Nos outros dias, os custos correspondentes são economizados novamente; o orçamento mensal não deve, portanto, ser excedido.

Alguns anunciantes relatam que o Google até excede o orçamento mensal por conta própria. No entanto, não tive essa experiência em meus projetos do Google Ads.

Idealmente, preste atenção a estes dois pontos:

  1. Procure não perder tempo devido a lances muito baixos: isso significa que você perde impressões porque a classificação do anúncio está muito baixa. O CPC não é o único responsável por isso, mas é uma alavanca importante.
  2. Procure visualizar sempre o orçamento mensal total definido por você: como o Google toma liberdade em relação a estouros de custo, você deve verificar seus custos manualmente em uma base semanal ou mensal ou definir uma notificação por e-mail em caso de estouros.

Os métodos de pagamento dependem do país e da moeda. No Brasil, por exemplo, você pode usar seu cartão de crédito ou recarregar a conta com uma transferência de crédito via transferência bancária.

Onde posso encontrar minhas faturas do Google Ads?

Você pode encontrar as faturas diretamente na plataforma do Google Ads. No canto superior direito, acima do ícone da ferramenta, você encontrará a seção Configuração> Faturamento e pagamentos.

Lá você pode ver todas as transações realizadas, os documentos da fatura para download e a data do último pagamento.

Com os pagamentos automáticos, o Google cobra os custos 30 dias após o último débito ou quando um limite de faturamento é atingido.

Nota: as faturas só estão disponíveis para você a partir do quinto dia útil do mês seguinte.

E quanto aos cupons do Google Ads?

Talvez você já tenha ouvido falar do Google distribuindo cupons para novos clientes.

Isso geralmente é feito como parte de campanhas ou ofertas para parceiros ou agências do Google, que podem repassar os vouchers para seus clientes.

Você pode resgatar os códigos em “Faturamento e pagamentos” diretamente em sua conta do Google Ads. Em Configurações, você encontrará a área “Código do voucher” na parte inferior.

O valor será creditado a você como crédito na conta. Dependendo do tipo de voucher, no entanto, pode ser que você deva ter atingido um determinado montante de custos antes de o voucher entrar em vigor.

Regra básica do Google Ads: o conjunto certo de palavras-chave

Os anúncios da Rede de Pesquisa permanecem e caem com a seleção de palavras-chave adequadas: eles são o bloco de construção central para campanhas de rede de pesquisa bem-sucedidas. Se você fizer a escolha errada, notará isso rapidamente com taxas de cliques mais baixas.

Porque se a palavra-chave e a oferta não corresponderem, ninguém vai clicar nos seus anúncios. Portanto, pense cuidadosamente sobre quais palavras-chave contêm a necessidade que seu produto ou serviço cobre.

Você deve manter três componentes importantes em mente ao fazer pesquisas de palavras-chave:

 

 

  1. Volume de pesquisa – Frequência com que um termo de pesquisa é pesquisado. Por exemplo, o volume de pesquisa mensal no Brasil.
  2. CPC = custo por clique – O CPC descreve os custos de clique e, portanto, os custos que os anunciantes pagam por clique em seu anúncio.
  3. Concorrência – Indica o grau de competitividade de uma palavra-chave em comparação com a concorrência: forte, médio ou fraco (nem todas as ferramentas indicam isso)

Se você tiver palavras-chave em sua seleção que geram pouco volume de pesquisa, você gerará pouco alcance com sua campanha. Se uma palavra-chave for altamente competitiva, os custos de clique para sua publicidade no Google são geralmente mais altos. Você deve considerar esses fatos ao selecionar suas palavras-chave.

Aqui estão algumas ferramentas que o ajudarão na pesquisa de palavras-chave:

Planejador de palavras-chave do Google Ads

O Planejador de palavras-chave do Google Ads é uma das ferramentas de pesquisa de palavras – chave mais conhecidas e populares. A ferramenta agora está diretamente na sua conta do Google Ads e, portanto, é gratuita. Você pode encontrá-lo no canto superior direito em “Ferramentas e configurações – Planejamento – Planejador de palavras-chave”.

Em “Descubra novas palavras-chave”, a plataforma oferece não apenas volumes de pesquisa de palavras-chave, mas também novas ideias de palavras-chave, seja com base em seu domínio (“Comece com um site”) ou consultas de palavras-chave específicas (“Comece com palavras-chave”).

Publicidade

Google Analytics

Você provavelmente também está familiarizado com o Google Analytics se já estiver envolvido com marketing online. Em muitas empresas, é a ferramenta de análise da web preferida, graças à conexão com todas as outras ferramentas do Google.

Ele fornece uma visão sobre o desempenho de determinadas palavras-chave e termos de pesquisa de suas campanhas do Google Ads e como os visitantes entraram no site como resultado de um anúncio do Google.

Dependendo do objetivo de sua campanha, você deve prestar atenção aos seguintes indicadores-chave de desempenho (KPIs) no Google Analytics:

 

 

  • Taxa de rejeição
  • Páginas por sessão
  • Tempo de permanência
  • Conversões (vendas)
  • Taxa de conversão

Definição de KPI

Os principais indicadores de desempenho, ou KPIs, são os principais critérios de análise e medição de desempenho. Dependendo da meta da campanha, você deve usar os dados de medição como os principais fatores que você usa para medir principalmente o sucesso da campanha. De campanha para campanha, outras métricas podem representar seus KPIs.

Com base nisso, você pode tomar decisões melhores sobre se deseja considerar essas palavras-chave em campanhas futuras.

No entanto, se isso for muito profundo para você no marketing online, você pode simplesmente usar o planejador de palavras-chave ou ferramentas semelhantes.

Google Search Console

O Google Search Console fornece uma visão sobre quais termos de pesquisa são encontrados organicamente no seu site. Isso já demonstra uma relevância temática da página para esses termos.

Dependendo do posicionamento da página nos resultados da pesquisa orgânica, pode valer a pena veicular anúncios nos termos da pesquisa em paralelo. Por exemplo, se a página ainda não foi classificada entre os 10 primeiros na primeira página.

Definição de classificação

“Classificação” significa a posição do seu site nas pesquisas do Google, que o mecanismo de pesquisa calcula usando seu próprio algoritmo. Este algoritmo compreende várias centenas de critérios de qualidade, mas o Google não divulga oficialmente todos eles.

Mas aqui também se aplica o seguinte: Se você ainda não está familiarizado com o Search Console, pode usar o planejador de palavras-chave primeiro. Outra alternativa é Ubbersuggest.

Ubbersuggest

O cenário de ferramentas é diversificado. Com o tempo, você encontrará as ferramentas certas para você. Além do planejador de palavras-chave, você também pode dar uma olhada na plataforma do empresário Neil Patel. A ferramenta também é gratuita e oferece opções semelhantes às do planejador de palavras-chave.

 

 

 

Importância dos diferentes tipos de correspondência de palavras-chave no Ads

Depois de encontrar as palavras-chave corretas, metade do serviço já está feito. No entanto, existem várias opções nas quais você pode indicar uma palavra-chave em uma campanha de pesquisa. As opções fornecem ao Google informações sobre o quanto a consulta de pesquisa específica pode ou não se desviar do termo especificado.

Aqui está uma visão geral das várias opções de palavras-chave:

  • Correspondência exata
  • Correspondência de frase
  • Correspondência ampla
  • Modificador de correspondência ampla
  • Palavras-chave negativas

Obviamente, o termo exato que você reservou como palavra-chave nem sempre é pesquisado. Os usuários geralmente também procuram sinônimos e combinações de várias palavras que contenham a palavra-chave.

É por isso que faz sentido não incluir apenas correspondências exatas. Dessa forma, você perderia grande parte do alcance potencial. As palavras-chave de correspondência ampla, por outro lado, são suscetíveis a acionar anúncios para consultas de pesquisa irrelevantes. Isso significa desperdício de orçamento.

A solução:

Certifique-se de verificar o relatório de consultas de pesquisa regularmente. Lá você pode ver quais consultas de pesquisa com base em qual tipo de correspondência de palavra-chave acionou um anúncio.

Na conta do Google Ads, você pode navegar até o relatório de consulta de pesquisa da seguinte maneira:

Campanhas> Palavras-chave> Consultas de pesquisa

Otimização de mecanismos de pesquisa e publicidade em mecanismos de pesquisa em harmonia

Se você trabalha com o Google Ads, provavelmente também se deparou com a otimização de mecanismos de pesquisa (SEO).

SEO e Ads estão intimamente ligados – afinal, ambas as disciplinas lidam com colocações na pesquisa do Google. Isso significa que ambos se complementam maravilhosamente, mas também podem levar a possíveis obstáculos.

Se, por exemplo, as classificações orgânicas atuais para palavras-chave importantes são relativamente fracas, você pode alternar temporariamente para essas palavras-chave do Google Ads até que as medidas de otimização do mecanismo de pesquisa tenham surgido efeito.

Ao contrário, a equipe de SEO pode fazer uso das descobertas dos anúncios do Google: Anúncios com cliques fortes fornecem boas informações sobre o que as partes interessadas estão particularmente curiosas. São precisamente essas informações e mensagens que os otimizadores de mecanismos de pesquisa podem usar no contexto de conteúdo ou meta descrições.

Regra básica do Google Ads: um texto apropriado e linguagem visual

Depois de decidir sobre as palavras-chave e uma estrutura de campanha adequada, é hora de criar o texto. Sempre tenha em mente o grupo-alvo que você deseja alcançar e a intenção com a qual você está conduzindo os usuários ao seu site.

Você sabia que, além da taxa de cliques, o Google também usa a experiência do usuário com a página de destino para avaliar a qualidade dos anúncios? (fonte: support.google.com )

Todos esses três componentes devem, portanto, ser coordenados entre si da melhor forma possível: Portanto, certifique-se de que seus anúncios de texto despertem o interesse e a curiosidade no buscador e cubram esse interesse com uma solução adequada em sua página de destino.

Use o anúncio para mostrar aos interessados que você é exatamente o fornecedor certo para as necessidades deles. Na página de destino, o cliente potencial deve encontrar o caminho diretamente e chegar ao destino com apenas alguns cliques: na loja online, isso provavelmente seria uma compra.

Requisitos técnicos e de conteúdo

Com relação ao Google Ads, existem, é claro, alguns requisitos técnicos e de conteúdo que devem ser cumpridos. Em primeiro lugar, portanto, recomendo que você leia as diretrizes do Google Ads. Além disso, esses requisitos se aplicam aos Anúncios de Texto Expandido, que agora são o formato padrão do Google na área de pesquisa. Lá você armazena o URL de destino ao qual seu anúncio deve levar.

Títulos

Os títulos dos anúncios são os grandes textos azuis no início do anúncio, separados por um um traço. Como regra, eles são os primeiros a chamar a atenção e, portanto, são provedores de informações valiosas para sua comunicação do benefício. Você pode atribuir um máximo de 30 caracteres incluindo espaços.

Caminho 1 e 2 opcionais, além do link

Os caminhos permitem adicionar termos adicionais à raiz do domínio do link. Obviamente, isso não altera o link de destino real. No entanto, nos caminhos, você pode fornecer mais informações úteis sobre o que o usuário pode esperar por trás do anúncio.

Até dois caminhos são opcionais; um máximo de 15 caracteres estão disponíveis para você.

 

1ª e 2ª descrição

Cada uma das descrições contém no máximo 90 caracteres, incluindo espaços. No passado, apenas um texto descritivo era possível. Enquanto isso, o Google aumentou para dois. Você pode usar o espaço para ir ainda mais de perto às informações e USPs das manchetes e para incentivar o usuário a clicar.

Por último, mas não menos importante: a certificação do Google Ads

A certificação do Google Ads é a prova de conhecimento especializado na área de publicidade online ou publicidade em mecanismos de pesquisa do Google.

Os indivíduos podem adquirir o certificado do Google Ads e usá-lo como uma demonstração de seus conhecimentos em formato digital ou impresso. Os exames estão disponíveis em 22 idiomas e abrangem as seguintes áreas:

  • Certificação de publicidade em pesquisa do Google
  • Certificação da Rede de Display do Google
  • Certificação de publicidade em vídeo do Google
  • Certificação para anúncios no Google Shopping

A propósito: se quiser receber o logotipo de parceiro do Google ou o logotipo de parceiro premium, você deve ter pelo menos uma pessoa certificada em Google Ads em sua empresa.

Publicidade

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Receba dicas de marketing para vender mais todos os anos!
Assine nosso blog para receber estratégias e novidades de marketing exclusivas.

Assinando a newsletter você aceita receber e-mails da Yo!place. Você poderá cancelar o recebimento a qualquer momento.

Posts Relacionados