Saiba como exercer a sustentabilidade na sua empresa

A sustentabilidade é um assunto recorrente nos dias de hoje por conta da necessidade de se conscientizar e cuidar bem do planeta. A sociedade como um todo precisa fazer isso para garantir o futuro das próximas gerações.

Isso inclui pessoas, empresas e governos, visto que a sociedade é formada por diferentes membros e todos devem se responsabilizar pelos cuidados com o meio ambiente.

Atualmente, a humanidade já sente os efeitos colaterais de suas atitudes no passado. O clima está cada vez mais desregulado, as estações do ano parecem não existir mais, além dos constantes desastres naturais.

Falta de chuva ou tempestades torrenciais destroem plantações, provocam enchentes, acentuam períodos de seca, entre outras situações que já são vividas pelo ser humano e que estão colocando o meio ambiente em risco.

Publicidade

As organizações precisam servir como um modelo a ser seguido pelas pessoas. Vamos fazer isso, além de colaborar com a sustentabilidade, o negócio consegue favorecer sua própria.

Para entender um pouco mais, este artigo vai explicar o que é sustentabilidade, sua importância, como estabelecer metas e indicadores, como promover a conscientização, os benefícios das certificações e como trabalhar com fornecedores comprometidos.

O que é sustentabilidade?

De forma geral, sustentabilidade é um termo que se refere à conservação de um sistema. É algo que aborda a maneira entre agir em relação à natureza e suas ações podem ser aplicadas em toda a comunidade.

Para alcançar a sustentabilidade, é necessário trabalhar o desenvolvimento sustentável. Isso significa satisfazer as necessidades do presente, sem comprometer as gerações futuras.

Uma empresa especializada em serviço de copeiragem deve investir em desenvolvimento sustentável porque seu objetivo é preservar o planeta e atender às necessidades humanas.

Se um recurso natural é explorado de maneira sustentável, será suficiente agora e no futuro para as próximas gerações.

Importância da sustentabilidade na empresa

Os projetos de sustentabilidade estão cada vez mais em alta, por isso esse tema precisa ser trabalhado dentro de uma empresa.

Fazer isso traz muitas vantagens econômicas para o negócio, além de ajudar a preservar a natureza e melhorar a convivência em sociedade.

Mais do que isso, é uma forma de favorecer uma gestão alinhada aos princípios ESG, que cuidam de governança ambiental, social e corporativa, importantes para impulsionar o crescimento econômico e a participação social.

Além do mais, as práticas sustentáveis colaboram com a reputação da marca, trazendo muitas outras vantagens, como:

  • Economia de custos;
  • Reaproveitamento de recursos;
  • Redução de impactos ambientais;
  • Mas oportunidades de negócios.

A organização também consegue criar valores sociais, aumentar o engajamento com determinada causa e colaborar com a conscientização da população.

Como estabelecer metas e indicadores

Para ter um plano de sustentabilidade corporativa, é necessário definir os indicadores de sustentabilidade. Um fabricante de placa refletiva automotiva deve baseá-lo em uma análise de materialidade.

Em outras palavras, é necessário trabalhar um processo que vai ajudar a empresa a definir em quais áreas vai se concentrar. Isso significa estabelecer prioridades entre os objetivos e considerar as preocupações dos grupos de interesse.

Desse modo, é possível partir de uma base sólida que vai fomentar o restante das etapas. Em seguida, a empresa deve definir os objetivos sustentáveis, de modo que sejam alcançáveis, mensuráveis, específicos, relevantes e atemporais.

Essa conduta é importante para evitar metas vagas, irreais ou generalistas, além de desenvolver um documento eficiente e prático.

Os objetivos também precisam ser fáceis de compreender para que os responsáveis saibam o que devem fazer.

Entre os principais indicadores de sustentabilidade ambiental está a quantidade de água consumida, ciclo de vida de um produto, matéria-prima utilizada, pegada de carbono e emissões de dióxido de carbono durante o transporte.

Como promover a conscientização

Outra coisa que as organizações precisam saber fazer é conscientizar os funcionários sobre a sustentabilidade. Uma empresa de gerador pode fazer isso educando e conscientizando os seus colaboradores sobre questões ambientais e sociais.

As pautas podem ser trabalhadas em programas de treinamento, materiais educativos, palestras e workshops porque, além de informar as pessoas, também ajudam a envolvê-las.

O envolvimento da equipe também pode acontecer a partir de iniciativas em sustentabilidade que contam com a participação dos indivíduos. É interessante formar grupos ou comitês de trabalho nos quais todos podem contribuir com ideias, projetos e soluções.

É muito importante recompensar e reconhecer os esforços da equipe para promover engajamento contínuo. Nesse contexto, é interessante trabalhar com programas de recompensas, benefícios e bônus.

O reconhecimento público dos colaboradores engajados por meio de premiações internas ou externas vai incentivar os demais a seguirem o mesmo exemplo.

Também é muito importante estabelecer uma comunicação transparente, compartilhando regularmente informações sobre os resultados e os impactos das iniciativas.

Por exemplo, é interessante mostrar como uma nova fachada em ACM com LED está ajudando a economizar energia.

Benefícios dos selos e certificações

Obter selos e certificações sustentáveis é algo muito relevante para as empresas porque transmite credibilidade para o consumidor. Também é uma forma de melhorar os processos e atrair mais investidores.

Companhias que reconhecem a importância da sustentabilidade recebem um certificado que aumenta a confiança por parte dos clientes.

Além desse reconhecimento, é uma forma de melhorar os processos internos e atender diferentes exigências relacionadas a eles. Até mesmo o fluxo de prestação de serviços pode ser aperfeiçoado, reduzindo custos com matéria-prima.

Empresas que possuem selos de sustentabilidade conseguem atrair mais investidores, tendo em vista sua capacidade em cumprir regulamentos ambientais e reduzir riscos ao dinheiro investido.

São companhias que recebem mais atenção do mercado de modo geral, e por isso conseguem expandir o negócio.

Como trabalhar com fornecedores comprometidos

Investir em engenharia de segurança do trabalho é uma forma de tornar o negócio mais sustentável, mas além das práticas internas, os fornecedores escolhidos precisam ser comprometidos com a sustentabilidade.

Fornecedores sustentáveis são aqueles que focam suas atividades em métodos responsáveis, tanto social quanto ambientalmente.

O objetivo é apoiar organizações que eliminem a emissão de dióxido de carbono na atmosfera durante suas atividades. Essa escolha é muito importante para promover uma mudança cultural e comportamental, além de colaborar com um mundo mais inclusivo.

Para selecionar fornecedores sustentáveis e fazer com que a organização se torne uma empresa mais eficiente e segura, além de ter mais comprometimento com os consumidores finais, é necessário avaliar alguns aspectos.

O gestor precisa se informar sobre as licenças regulatórias e ambientais do possível fornecedor, além disso, também precisa fazer uma análise de risco de sustentabilidade compatível com a categoria de fornecimento ou serviço prestado.

Para uma empresa de instalação de alta tensão, é uma forma de identificar possíveis infrações ambientais ou processos relacionados ao direito ambiental.

A escolha também deve se basear em processos sustentáveis do fornecedor, e entre os principais estão gerenciamento de resíduos, políticas de diversidade, responsabilidade social e empresarial, além de redução do uso de recursos naturais.

Também é importante verificar políticas de governança corporativa e a conduta do fornecedor como um todo.

Para que a escolha seja ainda mais assertiva, é fundamental conhecer o conceito de valor ESG. De maneira resumida, esse valor trata de empresas focadas nas questões ambientais, sociais e de governança.

Hoje em dia, os investidores estão de olho em estabelecimentos que adotam essas políticas por se tratar de algo que faz toda a diferença para a consolidação de um negócio.

Para avaliar um fabricante de espelho, por exemplo, as empresas de investimento consideram as práticas ESG, e isso mostra que os investidores estão dispostos a depositar seu capital em organizações com práticas e programas sustentáveis.

De acordo com o levantamento sobre a reputação das empresas nas questões ESG feito pela agência Lew’Lara TBWA, 42% da população acredita que práticas ambientais são o aspecto mais importante na hora de escolher uma marca.

Outros 32% acreditam que o tópico mais importante é a responsabilidade social, enquanto 25% estão mais preocupados com as ações de governança.

Isso mostra o quanto uma empresa de internet via rádio para zona rural precisa reforçar os valores ESG em seus processos internos para que possam fortalecer os aspectos financeiros e operacionais.

Uma empresa sustentável é aquela que se preocupa com a preservação, cuida de recursos naturais, reduz a emissão de poluentes e preserva o meio ambiente. São características fundamentais e que precisam ser avaliadas na hora de escolher um fornecedor.

Considerações finais

Uma empresa sustentável é mais transparente e honesta na hora de implementar os processos corporativos.

Também é capaz de adotar boas práticas de gestão, desenvolve maneiras de inibir casos de corrupção, assédio e discriminação.

As organizações devem seguir essas e outras premissas para que possam cuidar, preservar e proteger a sociedade e o meio ambiente.

Mais do que colaborar com sua própria imagem e credibilidade, elas ajudam a preservar os recursos naturais importantes para as próximas gerações.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Publicidade